Dominus Guindastes

Setembro 25 2009

      No dia 27 de junho de 1902, Elias Gunnell, Charles West e Lynford Geer fundaram a Manitowoc Dry Dock Company, empregando 90 homens para construir e reparar navios em madeira. Provavelmente, os fundadores não reconheceriam a empresa tal como esta se apresenta atualmente, no entanto, reconheceriam os respetivos valores, a que continuamos fiéis ao longo de cem anos. Com o espírito empreendedor e a capacidade de inovação que se tornaram fatores distintivos da Manitowoc, a empresa construiu um edifício de fabrico em aço e começou a construir navios em aço passados apenas dois anos. 
      Em 1910, o nome da empresa foi alterado para "Manitowoc Shipbuilding and Dry Dock Company". O início do séc. XX constituiu uma época tumultuosa para a construção naval. Numa altura instável para a economia dos EUA, a Manitowoc teve de aproveitar todas as oportunidades de crescimento.
        Em 1925, o CEO Charles West deu início à construção de gruas em regime de subcontratação para a Moore Speedcrane Company, uma decisão que esteve na base do nosso legado de fabrico de gruas de classe mundial. Devido à diversificada linha de produtos e serviços, a Manitowoc foi a única empresa de construção naval da região dos Grandes Lagos a sobreviver à crise financeira originada pela economia frágil da década de 1930. 
      A partir da década de 1930, os negócios floresceram e a Manitowoc começou a contratar colaboradores de locais tão longínquos como o Minnesota e Michigan. 
      No verão de 1944, foram elaborados os primeiros planos para a terceira linha de negócios, destinada a complementar as operações relacionadas com gruas e construção naval. 
     Em 1945, foi estabelecida a divisão Equipment Works, criando produtos como veículos refrigerados e equipamento para limpeza a seco. A divisão Equipment Works desenvolveu-se para se tornar no segmento Manitowoc Foodservice, dedicado ao fornecimento de máquinas de gelo comerciais e outro equipamento de cozinha, acabando por se tornar uma empresa em separado sete anos depois, em 1952, a Manitowoc Shipbuilding Company comemorou o seu 50º aniversário e tornou-se oficialmente a The Manitowoc Company. 
     A Manitowoc deu início à sua expansão global na década de 1960, quando a Europa Ocidental se revelou um mercado em crescimento para o equipamento de construção dos EUA. 
     Na primavera do ano 2000, a Manitowoc anunciou a aquisição da Potain, fabricante de gruas-torre, por 300 milhões de USD. Com a Potain inserida na família Manitowoc, adicionamos instalações de fabricação na França, Alemanha, Itália, Portugal e China. 
  Em 2002, a Manitowoc Cranes adquiriu a Grove Cranes, fabricante de gruas telescópicas automóveis. As instalações de fabrico da Grove em Shady Grove, Pensilvânia (EUA), e Wilhelmshaven, Alemanha, expandiram em grande medida a nossa capacidade de fabrico.Desde o início enquanto "Manitowoc Dry Dock Company" até ao presente, a Manitowoc desenvolveu-se para se tornar na empresa Cranes autónoma e bem-sucedida, permitindo-nos concentrar a nossa energia e os nossos recursos em ser "uma equipa Cranes global". Este é o passo seguinte da nossa viagem, refletindo o que sempre fizemos, ou seja, adaptarmo-nos às diferentes circunstâncias para manter a solidez, crescer e fornecer valor aos acionistas.


     

Gruas Potain




     A Potain é líder mundial na produção de guindastes de torre e guindastes automontáveis desde sua inauguração em La Clayette, França, em 1928. Mais de 100 000 guindastes Potain foram vendidos e instalados em alguns dos canteiros de obras de maior prestígio em todo o mundo. A empresa oferece mais de 60 modelos em diversas linhas de produtos.



Grove 
      Fundada em 1947 e é um dos principais produtores do mundo de guindastes hidráulicos móveis, com fábricas em Shady Grove, Pensilvânia, e Wilhelmshaven, Alemanha.
Rico em tradição, o nome Grove foi um membro bem-vindo à comunidade grua por mais de meio século, ganhando a reputação de forte equipamento de elevação, de confiança consistentemente popular com aqueles que operá-lo.
A empresa oferece uma gama completa de gruas automóveis hidráulicas de 8,6 t (8,5 USt) a 558,8 t (550 USt), compreendendo todos os terrenos, terrenos acidentados, um caminhão montado e guindastes industriais. É também um dos principais fornecedores de custom-built guindastes militar para as forças armadas em torno do globo.

      



NATIONAL CRANE

  Começando como uma pequena empresa familiar em 1945, a National Crane passou a simbolizar o padrão ouro dos guindastes montados sobre caminhões comerciais. A empresa lidera o mercado em seu setor há décadas e estima-se que 90 por cento de todos os produtos National Crane vendidos desde 1963 estão em operação ainda hoje. Esse é um recorde particularmente impressionante, considerando que mais de 30.000 unidades National Crane foram entregues.
      A National Crane atualmente produz 12 séries de guindastes montados sobre caminhões comerciais, com capacidades variando de 7,25 t (8 USt) a 36 t (40 USt). Ela também produz versões de seus guindastes montadas em pedestais, para uso em aplicações industriais, bem como uma variedade de acessórios como cestos para elevação de pessoas, garfos para paletes e caçambas de mandíbula.

    Seus produtos normalmente são sujeitos a rotinas de trabalho exigentes, sendo chamados a elevar várias vezes por dia, todos os dias. Com programas de trabalho tão intensos, confiabilidade, durabilidade e facilidade de operação são fatores essenciais. Os guindastes National Crane apresentam os três fatores – em abundância.

      Embora a América do Norte permaneça o maior mercado individual para a National Crane, os produtos da empresa também são famosos nas regiões da América Latina, Oriente Médio e Ásia-Pacífico




Conheça também:


José Roberto Waikamp
(51) 9 9922 2223


publicado por waikamp às 05:39
Tags:

mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

26

27
28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO